A IDENTIDADE DA SUA MARCA É MAIS DO QUE APENAS UMA LOGO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
É um assunto que podemos discorrer por horas, mas vamos sintetizá-lo de uma forma bem interessante, para que você seja introduzido ao assunto. Vamos lá!
 

Uma marca é a maneira como uma empresa, organização ou indivíduo é percebido por quem a consome. Mais do que simplesmente um nome, termo, design ou símbolo, uma marca é o sentimento reconhecível que um produto ou empresa provoca.

 
As marcas, então, vivem na mente. Eles vivem na mente de todos que os experimentam: funcionários, investidores, mídia e, talvez o mais importante, clientes.
 
Simplificando, marcas são percepções.
Um ótimo exemplo é a Apple, você goste ou não, ser Apple se tornou uma ideologia.
 
Qual é a marca da Apple? Não são computadores, telefones e outras coisas legais que não podemos viver sem. Esses são os produtos que a Apple fabrica. Mesmo o nome e o logotipo da Apple não abrangem o que queremos dizer quando falamos sobre a marca Apple.
 

A marca Apple é a razão pelo qual você literalmente não consegue convencer os clientes da Apple a usar qualquer outro produto. A experiência da marca Apple se tornou uma parte inextricável das identidades de uma legião de seguidores dedicados. Por esse motivo, sua marca é a principal vantagem competitiva da Apple. Nada se compara.

 
Uma marca forte aumenta as chances de os clientes escolherem seu produto ou serviço em detrimento de seus concorrentes. Atrai mais clientes, a um custo menor por aquisição, felizes em pagar um pouco mais e comprar um pouco mais frequentemente.
As percepções dos clientes são extremamente importantes por um motivo: elas determinam o comportamento.
Até as percepções que desconhecemos têm a capacidade de afetar profundamente a maneira como agimos. Pesquisas em psicologia social experimental mostraram que, embora possamos pensar que estamos no controle total de nossas ações, nosso comportamento é frequentemente influenciado por estímulos dos quais não temos consciência.
 
Em suma, como um indivíduo percebe uma marca (consciente ou inconscientemente) determina completamente como ele ou ela se envolverá com essa marca.
 
E quais são os elementos que compõem uma marca?
 
Como as percepções, as marcas compreendem uma infinidade de elementos diferentes, vamos citar alguns aqui como exemplo: nomes, cores, símbolos, linguagem visual e arquitetura. Estes são alguns dos elementos que definem uma marca ou marcas, e tudo isso, baseado na sua missão, visão, valores, objetivos, propósito e claro, em pesquisas sobre a experiência do cliente. Bem mais complexo não é mesmo? Hehe…
Vamos aqui citar um dos elementos mais importantes para sua marca, que são: nome e o slogan.
 

O nome e o slogan de uma marca são sua face mais imediata para o mundo. Eles devem estar repletos de significado – intrinsecamente ou como resultado da narrativa metódica da marca.

 
A criação de nomes e slogans é de uma natureza muito complicada, devido a sua importância. E essa criação é feita através de pesquisas aprofundadas de mercado, brainstorming (chuva de idéias) e refinamento. Estes processos são projetados para garantir que esses nomes não sejam apenas significativos, mas também aplicáveis.
 

Um nome forte transmite as propostas de valor exclusivas de uma marca, diferenciando-a da concorrência e deixando uma forte impressão em quem a experimenta.

Esse e diversos outros conjuntos de elementos, irão criar a identidade que é o encapsulamento das verdades profundas reveladas sobre sua marca em forma de estratégia e posicionamento.
 
Uma identidade eficaz incorporará todas as características definidoras da sua marca, incluindo sua personalidade, promessa e propósito. Essa identidade é o seu selo no mundo, um símbolo cheio de significado que tem o poder de comunicar a essência da sua marca em um instante a todos que a experimentam.
 
“Branding é um processo disciplinado usado para aumentar a conscientização e aumentar a lealdade do cliente. Requer um mandato do topo e prontidão para investir no futuro. Branding é aproveitar todas as oportunidades para expressar porque as pessoas devem escolher uma marca em detrimento de outra. O desejo de liderar, superar a concorrência e oferecer aos funcionários as melhores ferramentas para alcançar os clientes são as razões pelas quais as empresas aproveitam a marca.” Alina Wheeler – Designing Brand Identity
 

Quando você entender o que é uma marca e como é criada, você conseguirá contemplar os retornos mensuráveis ​​resultantes deste investimento.

 
A marca paga dividendos ao longo da vida da sua empresa, permitindo atrair melhores clientes com custos de marketing mais baixos, enquanto comanda preços mais altos por suas ofertas.
Vendas mais suaves, maior lealdade do cliente, benefícios multifacetados do valor da marca… E a lista de benefícios só aumentará…
Ao final do dia, sua marca é a maneira como o mundo percebe sua empresa. E nós lhe perguntamos:
O que poderia ser um investimento mais inteligente do que moldar essa percepção?
 
#ficaadica Caso gostou do assunto, e ainda não assistiu, assista ao filme Fome de Poder – 2016 – O filme que retrata como surgiu o McDonald’s. Tem muito valor agregado, quando falamos de branding. E tem na Netflix!
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.