FUNDAMENTOS DO MARKETING – OS 4 P’S DO MIX DE MARKETING

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest

Como vimos na publicação anterior, o marketing realmente não irá funcionar, quando é mal feito. E como acontece de certas estratégias falharem?!

A falta de conhecimento dos fundamentos do marketing!

Por isso, resolvemos dar continuidade ao conteúdo anterior e discorrer um pouco mais sobre os 4 P’s, de forma mais objetiva e rápida para gerar o interesse para que vocês busquem mais informações sobre o produto, preço, promoção e praça. Vamos lá?

P de Produto

Quando se trata de seu produto, você precisa definir claramente o valor derivado, design, embalagem e marca.

O valor que seu produto oferece deve ser claro. E a marca e o design confiáveis.

Se não forem, tudo o mais que você fizer a seguir não funcionará. Você deve ter um design de produto eficaz para alcançar o sucesso de marketing.

Pense nas marcas – Apple, Amazon e Google. Todos têm designs de produtos muito eficazes e prop ostas de valor para seus clientes. Essas marcas têm missões claras com as quais os consumidores se conectam.

Por exemplo, desde o início, a Apple se orgulha de ir contra a corrente e inovar. A marca da Amazon está focada na centralização no cliente, que Jeff Bezos chama de “obsessão do cliente”. E a missão do Google é ajudar a organizar as informações do mundo e torná-las acessíveis e úteis.

Esperançosamente, esses exemplos mostram o quão crítico é seu produto dentro de sua estratégia de marketing geral.

Agora, vamos passar para o 2º P – Preço.

Preço

Preço refere-se ao preço de varejo de seus produtos ou serviços.

Fundamentalmente, seu preço não deve exceder o que o mercado está disposto a pagar por produtos semelhantes ou alternativos que os consumidores percebam que lhes permitirá extrair o mesmo valor.

O valor de seu produto deve estar alinhado com seu preço para que os consumidores confiem e comprem.

Em segundo lugar, sua estratégia de preços também pode envolver incentivos como descontos, cupons, planos de pagamento ou crédito. Esses incentivos também podem ajudar a despertar mais interesse.

Vejamos a estratégia de preços da Apple como um exemplo.

A estratégia de preços da Apple é única. Um dispositivo Apple, como um computador, é mais caro do que 90% de seus concorrentes. No entanto, isso é justificado pelo próprio produto.

Ele é altamente diferenciado do mercado e as pessoas realmente amam a marca. A fidelidade do cliente é incomparável.

A maioria dos usuários do iPhone resiste a experimentar um novo telefone porque não quer que as mensagens de texto de seus amigos passem de “azul” para “verde”, indicando que eles não estão mais no “clube de elite do iPhone”.

Como a Apple está realmente em uma pista própria no que diz respeito a seus produtos, os incentivos de desconto não são necessariamente necessários para motivar o comportamento de compra.

No entanto, eles realizaram promoções e descontos especiais durante eventos como a Black Friday e outras vezes ao longo do ano. Em última análise, sua estratégia de preços deve estar alinhada com o valor do seu produto. Enquanto for esse o caso, seu mix de marketing estará alinhado.

O 3º P do marketing é a promoção.

A promoção se refere à estratégia de publicidade e vendas. O objetivo é garantir que as pessoas conheçam seu produto e o valor associado a ele. Por exemplo, muitas empresas optam por fazer publicidade digital porque é muito mais econômica do que as formas tradicionais disponíveis.

Nesse caso, esses canais como Facebook e Google, fariam parte de sua estratégia de promoção.

A promoção não envolve apenas canais de publicidade, mas, mais importante, como você transmitirá sua mensagem aos consumidores sobre por que eles precisam de seu produto ou serviço.

A estratégia de promoção também pode incluir vídeos, fotos e outras formas de conteúdo que elevam sua marca, geram confiança e ajudam os consumidores a entender o valor de seu produto ou serviço.

Muitas pessoas não sabem disso, mas a Amazon foi, na verdade, o principal anunciante do Google por um período de tempo.


Agora, eles valem mais que o Google.

Não é surpresa que a Amazon seja uma das maiores empresas do mundo. É porque eles investiram pesadamente em Promoção, que foi apoiada por um produto forte com preços competitivos.

Como você pode ver, o mix de marketing da Amazon é realmente um cenário onde todos ganham.

Agora, vamos dar uma olhada no 4º P de Marketing – Praça

Praça

Praça refere-se a onde seus produtos ou serviços estão sendo vendidos.

Em um ambiente tradicional de tijolo e argamassa, essa decisão foi extremamente importante porque a localização de sua empresa determinava se os consumidores a descobriam ou não.

Os empresários avaliam a quantidade de tráfego e a importância da localização para decidir onde irão colocar suas lojas. E isso é, de fato, muito importante. No entanto, hoje, no mundo da Internet, o posicionamento se refere amplamente ao seu site – especialmente para empresas online.

Em um ambiente digital, seu site é o hub de todas as atividades de marketing. É onde ocorrem as transações.

Portanto, é necessário investir em um design de site eficaz. Se as pessoas não gostarem do que veem no seu site, você pode ter certeza de que não farão compras nele.

Por exemplo, vamos dar uma olhada na Apple.

A Apple tradicionalmente posiciona “Apple Stores” nos principais shoppings do mundo. Os shoppings tradicionalmente recebem um alto volume de tráfego e, como resultado, uma pequena porcentagem do tráfego de passagem chegará às lojas da Apple.


E online, a Apple tem um site eficaz. Ele usa um design de vanguarda e exibe seus produtos mais recentes.

Aí está – os 4 P’s do marketing – Produto, Preço, Promoção e Praça.


Quando esses componentes estão totalmente alinhados entre si, você tem potencial para desenvolver um forte mix de marketing. E, como discutimos, esse mix de marketing é o que separa o marketing eficaz do marketing ineficaz.

Muitas vezes, as pessoas que se opõem fortemente ao marketing são provavelmente vítimas de marketing ruim ou não entendem completamente o que é.

Alinhe o seu mix de marketing e você terá a oportunidade de aproveitar ao máximo o seu potencial e expandir seus negócios. O marketing é o motor de qualquer negócio. Sem marketing, uma empresa não pode funcionar.

Mas se você realmente quer levar seu marketing de bom a excelente, a melhor opção é fazer parceria com especialistas em marketing, como nós! Somos dedicados e prontos para ajudar. Espero que esse texto tenha ajudado você, e se precisar, entre em contato que apresentaremos nossos serviços.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.